Angolanos parecem um povo hipnotizados "idiotas úteis estimulam a Mafiocracia nacional"

Angolanos parecem um povo hipnotizados “& idiotas úteis estimulam a Mafiocracia nacional -

Por Fernando Vumby

Começo esta crônica com as palavras emprestadas do maquiavélico antigo líder Russo ( Stalin ). Ele considerava " idiotas úteis",todos aqueles tolos, que acreditavam e repetiam as mentiras sobre o sucesso do comunismo na Rússia.Obviamente muitos desses idiotas,não moravam na Rússia,talvez por isso,tivessem tanta facilidade em elogiá-lo.

No que diz respeito ao nosso país," os idiotas úteis ",podemos considerar os fanáticos que tudo acreditam,ludibriados por farsantes e charlatães da nossa mafiocracia governamental.Os que não acreditam que vivemos em Angola,uma grande farsa , trágica,e parecem não quererem se dar conta da realidade angolana.

Os que aceitam de boca fechada, e com um certo entusiasmo,nos últimos 30 anos,toda sorte de lixo institucional.Os pensadores bajuladores,cuja graduação acadêmica foi sempre inferior á graduação alcoólica,e continuam a defender teses patéticas,enquanto aguardam as novas palavras - de -ordem,para continuarem sendo os pioneiros do nada.Os que continuam culpando nossos colonizadores,de quem herdamos vícios crônicos estruturais,pelos fracassos, e erros flagrantes que se cometem propositadamente,para melhor camuflar as roubalheira criminosas.

Os que ,por não acreditarem no sistema político, que eles próprios aderiram ,acham mais fácil criticar,quem nos colonizou,do que procurarem uma alternativa capaz de resolver nossos problemas crônicos. E o povo esse mero detalhe ? Por conformismo,falta de tempo,conhecimento, e vontade,continua a assistir bestificado, a acreditar piamente,nos salvadores da pátria e nas profecias de enriquecimento rápido.Que falta faz o conhecimento !

A falta de critica e análise do conteúdo pregado, e ensinos da actualidade, por líderes de todas as correntes,têm sido aproveitado maldosamente. É por essa razão que convém continuarmos atacando a mentira, e todo comportamento indecoroso, para permitir com que, aqueles fanáticos adoptem um pensamento positivo esperançoso e não se deixem levar.

Os fanáticos de hoje,até parecem conformados com toda sorte de injustiça e baboseira,que são vociferadas de muitos púlpitos, como se fossem " verdades divinas " enviadas directamente do trono do altíssimo, "pai celestial " Esse fanatismo nota-se todos os dias,nas nossas conversas com pessoas que parecem terem nascido com idéias fixas, e com o destino marcado para seguirem sempre em enfrente,mesmo que enfrente haja um obstáculo no tamanho de um embondeiro.

É tanto fanatismo que já nem há, a preocupação em saber o que se esconde por detrás das baboseiras, da formam como nossos militares superiores são manipulados,e do perigo que pode constituir para a nação, a falta de alternativas credíveis. Se alguém fala ou pensa diferente de tais fanáticos, e procura abrir os olhos dos incautos através da palavra, demonstrando o que é verdade, tais fanáticos hipnotizados pela mafiocracia, e marionetizados pela mentira e engano, consideram logo essa pessoa de reacionária, ou de polemista, afastando-se da mesma, considerando-a perigosa e criadora de casos. Alguns fanáticos até vão longe de mais, chegando mesmo a arranjar artimanhas e truques, para eliminarem essas pessoas,mesmo não significando qualquer perigo para a mafiocracia nacional.

Podemos comparar também ,essas pessoas insensíveis á verdade,controladas pelos ensinamentos perversos dos falsos mestres da mafiocracia nacional,como verdadeiros " idiotas úteis " ao serviço de um sistema condenado.Mas qual é o mal ,como filho desta terra ?
Em propor; a qualificação dos delitos cometidos por políticos e homens públicos, como crime hediondo? Acabar com o foro privilegiado, especialmente para os que são eleitos por votação. Reduzir o número de deputados, porque muitos nem têm, a noção do peso, que carregam sobre seus ombros. Melhorar as condições prisionais,com trabalho educativo.Punir todos sem distinção e não apenas os pobres. Reduzir ao máximo os cargos, comissionados, com salários mais baixos e menos mordomias.
Reforma do sistema político actual. Criação de mecanismos para inibir qualquer tentativa de legislação em causa própria. Qualquer decisão que possa trazer benefícios aos legisladores não deverá ser de competência do legislativo" idem para os outros poderes, incluindo a elaboração de eventual nova constituição, que deverá ser feita por políticos, e aqueles que dela participarem não possam entrar para a política posteriormente). Iniciar o uso de tecnologias como Internet, e outras para a instituição de consultas públicas “online " para decisões polêmicas,tirando do legislativo a palavra final,sobre as mesmas.

Uma das primeiras providências no país deveria ser,acabar com a impunidade política.Não basta apenas a renúncia ,do cargo,pois a impunidade continuaria a imperar. Deveriam ser presos,e os seus bens ,confiscados para serem empregues na saúde pública,educação,etc.

Pois,nunca vi um político preso em Angola por corrupção e se já aconteceu,talvez por um só dia, e no dia seguinte já era promovido.O povo tem uma parcela de culpa por eleger essa cambada,ou por vender seu voto. É urgente revogar milhares de leis que não funcionam, e jamais funcionarão, enquanto a mafiocracia reinar.Não dá para agüentar tanta corrupção na nossa Angola,e ela só acontece porque as leis da mafiocracia favorecem. Existe algum mal ?

Em propor que o povo cobre cada vez mais seus direitos, e cumprindo suas obrigações ? Parar de deixar ensinar ,ou deixar transparecer em seus lares,que o melhor na vida é ,levar vantagem em tudo.O povo fazer manifestações políticas ,cobrando das autoridades o que é de direito,cobrar das escolas de seus filhos um melhor questionamento sobre o que é cidadania,e mais engajamento político.

Mais investimento em verdadeiros valores.Mais educação cidadã para o povo, menos propaganda,mais ações positivas,educativas,pedagógicas e menos repressão.Qualquer mudança,seja de que tipo for,só ocorre através da educação.O que deve-se fazer em primeiro lugar ,é distribuir melhor as nossas riquezas, e não só dar alimentos aos cidadãos, em vésperas de eleições,para lhe obrigar a pensarem com o estômago, em vez de utilizarem a cabeça.

A opinião pública precisa se manifestar,pois é a única que os políticos respeitam. E a justiça deve julgar e punir de acordo com o crime e não com a pessoa, como tem acontecido. Enfim, para terminar, julgo que o exemplo deve vir de cima, então o combate á impunidade, corrupção generalizada deve se iniciar com diversas medidas que coíbam e / ou punam severamente os componentes dos três poderes que têm praticado, com grande freqüência actos ilícitos, copiando o presidente da republica, que faz o que quer, por se sentir confiado, de que, com ele nada pode acontecer.

Como melhor e grande exemplo vindo de cima, o presidente da república, sua família, amigos, e outros componentes da mafiocracia nacional, deveriam devolver ao povo, os vários bilhões depositados em diversos bancos, desviados da caixa pública e demitindo-se, pelo fato de constituírem um grande perigo e ameaça para a implantação de um verdadeiro sistema democrático, que se baseia acima de tudo na transparência.

Fernando Vumby

1 vote. Moyenne 4.00 sur 5.

Commentaires (2)

1. Chikola BV. 29/08/2012

A Mentira Institucionalizada Na Política da Republica de Angola
Seguramente seria um ejercicio estéril realizar uma pesquiza entre os “cidadãos” angolanos para chegar a conclusão desejada, sobre a representatividade publica predominante que se tem sobre a politica se é negocio sujo, uma atividade desvergonhada, petulante muito caro para os cofres do estado.
Talvez um mal não de tudo necessario que padese-se, e que particípam no mesmo homens e mulheres sem escrúpulos, avidos de poder, com uma tendencia que beira o patológico psicologico a notoriedade.
Não há razão para estranhar, no tanto os politicos como os funcionarios publicos tenham na imaginação popular como: Traiçoeiros , corruptos, desonestos, trabalham especialmente para o ganho proprio à custa dos cidadãos a quem deviam servir.
Certamente, esta imagem da politica e seus atores não é muito animador, nem da lugar muito menos para abrigar qualquer esperança de que as coisas vão a melhorar no futuro proximo.
Então, quem realmente estar chocado ao, ver, ouvir ou ler informações nos meios de informação como a tv, rádio o a imprensa, nacional o internacionais.
Para evitar mal-entendidos, eu não estou dizendo que a corrupção ou a mentira entre políticos e os funcionários públicos são o oposto de um flagelo a nossa cominidad política. Nada está mais longe da realidade, no entanto, até o político corrupto e mentirosos deve proceder de uma maneira que faça o seu comportimento público compatível as leis e regulamentos e com os valores, as crenças expectativas e formas legítimas compreendendo a conduta que organiza e viabiliza a política, se não quer ser imediatamente detectado e punido politicamente e legalmente, mas se há permissividade nao, não são punidos, são separados de sua responsabilidade.
Esta tese não é o apelo para a reintrodução da moralidade na vida política.
A minha intenção não tem um parentesco com a mobilização do projeto neoconservador da política - coisa que acharia politicamente desastrosa, portanto, a mentira não deve ter a moral de carta da cidadania na politica.
Seja tudo uma prática ocasional ou consuetudinaria de una pessoa ou de um grupo de pessoas que exercem certa autoridade público, a mentira na política ameaça algumas condições e fundamentos da mesma política especificamente para, a liberdade, a igualdade, a pluralidade, a publicidade, a solidariedade e a democracia.
Devido a isso, a mentira na vida pública deve ser censurável e desacreditado, não a partir de uma posição moral, mas principalmente ou exclusivamente a partir de uma posição coerente com a política.
Para defender o argumento de que toda mentira, em maior ou menor grau, venha do cidadão, do político profissional, do funcionário público ou de outra forma, a mentira na política é a ação que tenta esconder informações, deformar ou destruído fatos; ou seja, o, que, precisamente conforma e proporciona estabilidade para a realidade, quem mente o faz com o ojetido de modificar a realidade, em certa medida, para obter ilegitimamente certa vantagem pessoal, ó para o grupo que pretende proteger. E se é grave mentir em questões relativas a todos os cidadãos, a atitude deliberada para mascarar a realidade, ou oferecer uma realidade ficcional como certa envolve necessariamente uma demolição da capacidade estabilizadora nerente para gerar um mundo comum significativo no qual podemos entender-nos em concerto.
A mentira é uma deformação intencional da realidade do solo firme dos fatos que literalmente contamos para movimentar-nos com segurança no mundo.
Ao distorcer a realidade com falsidades, os políticos atacam o senso comum- o sentido que nos guia mentalmente e praticamente numa realidade envolvente e significativa para todos - e dificultar os processos de comunicação de entendimento entre os cidadãos. Surge, portanto, com mentiras surgem discrepâncias entre fatos e discursos, entao atacar essa realidade é uma maneira de se deteriorar laços comunitários que nos une e que, em termos políticos servem como elementos integrandores que permite que a condição política dá solidariedade.
A mentira na politica desmonta outra das condições das possibilidades da vida política na democracia representativa moderna. Na democracia, qualquer ato ou reivindicação política o dircurso devem estar em harmonia com a publicidade, devem ser capazes de expressar-se abertamente para obter autorização, aprovação e apoio público para realizar o seu objetivo.
A mentira viola o exercício deste direito tanto os membros individuais ou de toda a comunidade política. o mentiroso político viola a representatividade e autorização de agir em nome dos cidadãos.
A mentira é o estabelecimento de uma política sinistra, à custa de uma política luminosa e democratica. Se é imposta a política de Escuridão como prática geral e pública - esta forma de Governo em que a participação política privilegiada é realizado em público sob o escrutínio de todos os que são afins, torna-se criptogovierno em uma simulação absoluto.

Para a sua propia saúde e funcionamento, os governantes da República de Angola se pretende ser autênticos e crediveis, deven expor a luz pública o que está escondido, sem a qual ninguém podia falar da legitimidade da representaçao e falar em mome do povo Angolano. Esta publicidade é tornar visível para todos a governança, o fazer-se visivél para todos que é a publicidade funcionaria como uma forma de controle do governado ao governante e também serve como uma forma de legitimação do uso do poder constituído exclusivamente para fins coletivos. Isso é a DEMOCRACIA.
Chikola B.Vasconcelos

2. lisa 02/02/2012

Your article is nice, I read your article to learn a lot and hope to see your next article Patek Philippe Limited Edition

Ajouter un commentaire

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site

×