«O MPLA domina a máquina eleit

«O MPLA domina a máquina eleitoral» Correio da Manhã

Eduardo Kuangana é o líder do Partido de Renovação Social (PRS) de Angola, a terceira maior força política no Parlamento do país. Esteve em Lisboa para contactos com partidos políticos e empresários portugueses.

P-A três meses das eleições legislativas, quais as preocupações do PRS?

R– São sobretudo preocupações que se prendem com a inexistência de meios logísticos para o nosso partido poder fazer a campanha.

Preocupações partilhadas, aliás, por toda a oposição. O único que não se queixa é o MPLA, partido do governo, que utiliza toda a máquina do Estado para fazer campanha: carros, camiões, barcos, helicópteros, equipamentos administrativos do Estado. Põe camiões à disposição das pessoas para as transportar de um lado para outro para encher os comícios e os funcionários do Estado são forçados a participar. Quem não participa é reprimido.

P– E em relação à votação propriamente dita?

R– O MPLA defende a contagem electrónica de votos. A oposição defende a manual porque desconfia da viciação dos computadores por parte do MPLA, que domina toda a máquina eleitoral. O MPLA quer também realizar as eleições em dois dias, violando a lei eleitoral.

P– O que defende o PRS?

P– Primamos pela lei que diz que as eleições devem ser realizadas num só dia. Só se houver anomalias em alguma mesa de voto é que se deve repetir o acto noutro dia. Tudo isto está previsto na lei eleitoral.

R– Está garantida a presença de observadores internacionais?

R– Temos verificado que o MPLA não está com muita vontade de ter os observadores internacionais no país. Quando se fala disso até parece que estão a esconder qualquer coisa, o que tem criado muita desconfiança.

P– Que regime político defende o PRS para Angola?

R– Um regime democrático e federal onde o multipartidarismo seja um facto, com o objectivo de garantir aos cidadãos a liberdade de expressão, de consciência, de culto, de imprensa e correspondência, com base na declaração universal dos direitos do homem.

P– Caso ganhe as eleições, quais as prioridades do partido?

R– Assegurar o direito à Justiça, à Educação e a Cultura para todos; salário mínimo; criação de um serviço de saúde universal; respeito pela liberdade de consciência e culto de todos os angolanos.

Aucune note. Soyez le premier à attribuer une note !

Ajouter un commentaire

Vous utilisez un logiciel de type AdBlock, qui bloque le service de captchas publicitaires utilisé sur ce site. Pour pouvoir envoyer votre message, désactivez Adblock.

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site