PAZ PERMITE MATERIALIZAÇÃO DO SONHO DOS ANGOLANOS - ISAÍAS SAMAKUVA

PAZ PERMITE MATERIALIZAÇÃO DO SONHO DOS ANGOLANOS - ISAÍAS SAMAKUVA

O presidente da Unita, Isaías Samakuva (na foto), considerou que os seis anos de paz, alcançados a 4 de Abril de 2002, para além de pacificar os espíritos deve servir de instrumento para a materialização do sonho dos angolanos.

(TPA)

O presidente da Unita, Isaías Samakuva (na foto), considerou que os seis anos de paz, alcançados a 4 de Abril de 2002, para além de pacificar os espíritos deve servir de instrumento para a materialização do sonho dos angolanos.

O político falava à imprensa, à margem do culto ecuménico realizado no pavilhão principal da Cidadela, a propósito dos seis anos do alcance da paz, que se assinalou sexta-feira passada. 

Na ocasião, o líder do «Galo Negro» referiu que o feito político deve continuar a ser reflectido pelos angolanos sobre aquilo que ainda tem de se fazer no sentido da consolidação da concórdia alcançada.

Recorde-se que o 4 de Abril de 2002 marcou o fim de uma guerra que durante 27 anos dilacerou o país e que terminou com a assinatura do Memorando de Entendimento Complementar ao Protocolo de Lusaka entre as Forças Armadas Angolana (FAA) e as extintas forças militares da Unita.

Aucune note. Soyez le premier à attribuer une note !

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site