MUANGAI, UM NOME PARA A MEMORIA

13 DE MARCO

NO LESTE DE ANGOLA

 

MUANGAI, UM NOME PARA A MEMORIA

O primeiro Congresso da UNITA decorreu entre os dias 10 a 13 de Março de 1966, nas àreas do posto do Muangai. Muangai‚ o nome de um riacho afluente do Lumguebungu. O Congresso realizou-se numa mata densa a 20 kilometros -Este do posto. Estiveram presentes quase 200 pessoas das quais dezenas de Sobas da regiao. Falou-se de todos os problemas. Durante o dia, assistia-se a plen ria e a noite, cantava-se e dançava-se. No ultimo dia, foi tornado publico o organigrama do Partido. As linhas mestras da estratégia militar foram tomadas. O Dr Savimbi foi eleito, por unanimidade, Presidente da UNITA. Mas para alguns, a luta politica e militar nao começava com o I Congresso.

No inicio dos anos 60, a corrente das independências africanas, designadamente do Congo Léopoldville (Zaire), inquietavam o regime Português. No Norte de Angola a situaçao agravava-se com acçoes militares da entao Uniao das Populaçoes de Angola UPA, em meiados de Março de 61. A policia politica portuguesa - PIDE, multiplicava as prisoes dos nacionais: militantes e nao militantes, sobretudo dos intelectuais. A maioria deles so pensava em emigrar. Fosse para estudar, ou encontrar os lideres independistas ja idos.

NOS ANOS 60 EM ANGOLA : A REPRESSAO E A LUTA

No inicio dos anos 60, assistia-se ao exodo de elites, sobretudo jovens. Campos de refugiados formavam-se nos paises limitrofes. Encontramos testemunhas daquela epoca, todos participaram na fundaçao da UNITA. Jose Samuel Chiwale, assistiu em Abril de 61 a prisao de seu pai, acusado de colaborador de Lumumba. Com 17 anos, foi obrigado a deixar o pais para a Namibia. Ficou a morar em casa de Toivo Ya Toivo, o fundador da OPO, Organizaçao dos Povos da ovambolandia - actualmente SWAPO. Ficou na Namibia de 1961 à 1963. Mas ele lembrou-se que outros partiam para o Congo, Tanzania ou para Zambia. Foi o que fez o Reverendo da missao Evangelica da Bomba, no Huambo, Pedro Kapuka. Alguns anos mais tarde o actual General Chiwale partiu para a China. Magno Chinguto, hoje brigadeiro com o Pastor da Bomba, foram a UPA. Com desenvolvimentos politicos e militares em Angola, era preciso encontrar uma soluçao. Criu-se um Governo no exilio, sem acordo interno sobre como seria levada a cabo a luta. A UPA dividiu-se. Magno Chinguto e Jonas Savimbi, na altura Secretario Geral da UPA e Ministro das rela&ccedioes Exteriores do GRAE - Governo Revolucionario de Angola no Exilio, abandonaram o Movimento.

OS 11 PARTEM PARA A CHINA

Depois de contactos na Zambia, na Tanzania, no interior do pais, Jonas Savimbi recrutou onze primeiros comandantes do que ainda nao era UNITA Fizeram nove meses de formaçao militar na China. Jose Samuel Chiwale fez parte. De regresso, em Dar-Es-Salam, em Novembro de 19965, os onze homens foram acolhidos por Jonas Savimbi e Peter Manhemba da SWAPO. Partiram para o Tombua, campo de formaçao militar dos Africans Fighters. Na Tanzania, praticamente, todos os Partidos Politicos Africanos formavam militarmente os seus homens: O African National Congress e o Pan-African Congress, da Africa do Sul, a FRELIMO e o COROMO de Moçambique, a ZAPU e a ZANU da Zimbabwe, a SWAPO da Namibia, PAIGC da Guiné Bissau. Os militares da futura UNITA passavam-se por militantes da SWAPO. Andavam assim clandestinamente.

A CAMINHO PARA AS MATAS

De Dezembro de 1965 a Janeiro de 1966, divididos em varios grupos, introduziram-se na provincia do Moxico, via Zambia. Todos esses grupos nao chegaram intactos. Alguns foram presos pelas autoridades zambianas em Mupika, outros pelos portugueses em Texeira de Sousa, em Ninda e em Mavinga. Chegados no terreno, os comandantes se dividiram em seis regioes, segundo intruçoes recebidas. Um mês mais tarde, Jonas Savimbi chegava no interior do pais pelo Lumai, na zona entre os rios Luyo e Lunguembungu. Samuel Piedoso Chingunji Kafundanga era o comandante. So os que tinham ido para a China eram chamados comandantes. Ninguem tinha arma. Mario Chilulu Cheya, hoje Brigadeiro, na altura cadete (recruta), afirma que "na altura as armas reservadas aos comandantes eram canivetes. So o Dr Savimbi tinha uma pistola. As primeiras armas recebidas eram tradicionais de caça, que a populaçao oferecia. Essa epoca que precede directamente o I Congresso, caracterizava-se pela mobilizaçao pela politica e militar. Em todas as aldeias onde passavam as colunas, formavam-se Kapokolas, que designavam milicias como estafetas. Foi graças aos Kapokolas que todos militantes clandestinos poderam se reunir em Muangai e participar no dia 13 de Março de 1966 na Proclamaçao da UNITA.

 

Voltar

18 votes. Moyenne 1.89 sur 5.

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site