Angola indisponível para zona de Comércio Livre, por agora

Angola indisponível para zona de Comércio Livre, por agora



Angola está indisponível, “para já”, para integrar no imediato a Zona de Comércio Livre da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), afirmou o vice-ministro angolano das Relações Exteriores.


À chegada a Luanda no regresso da cimeira da SADC, o vice-ministro George Chicoty justificou a indisponibilidade angolana com a necessidade do país concentrar esforços na reconstrução das infra-estruturas destruídas pela guerra e na conclusão das reformas macroeconómicas.

Quando concluído o processo de reconstrução, adiantou Chicoty à imprensa angolana, Angola irá definir a data de adesão à Zona de Comércio Livre, cuja criação os membros da SADC decidiram acelerar, de modo a estar operacional no próximo ano.

Angola foi eleita para a presidência do Conselho Político de Defesa e Segurança da SADC, durante a 27ª Cimeira da organização, que decorreu entre 15 e 16 de Agosto na capital zambinana, Lusaca.

O evento contou com a presença do Presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

Criada originalmente por nove Estados (Angola, Botswana, Lesoto, Moçambique, Malauí, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabué), a então denominada Conferência de Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADCC) nasceu com o objectivo de integrar as economias da região, face à África do Sul.

Com o fim do regime de "apartheid" sul-africano, a SADC cresceu e integra actualmente mais cinco Estados da África Austral: África do Sul, Madagáscar, ilhas Maurícias, Namíbia e República Democrática do Congo.

Representa um mercado de 230 milhões de pessoas e, em conjunto, um Produto Interno Bruto de mais de 200 mil milhões de dólares (cerca de 150 mil milhões de euros).

Entre os objectivos actuais estão a integração económica, que passa pela criação de uma União Alfandegária, a partir de 2010, e da União Monetária, em 2016.

5 votes. Moyenne 2.60 sur 5.

Ajouter un commentaire

Vous utilisez un logiciel de type AdBlock, qui bloque le service de captchas publicitaires utilisé sur ce site. Pour pouvoir envoyer votre message, désactivez Adblock.

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site