MARCOLINO MOCO FORA

ANTIGO PREMIER MARCOLINO MOCO FORA DA FUTURA AN
Dentre os antigos primeiros-ministros, Marcolino Moco é o único que não foi incluído na lista dos deputados à Assembleia Nacional pelo MPLA, sendo esta uma das novidades enquanto ausência de vulto pela posição de destaque já ocupada no Governo e no aparelho partidário.
Moco é também o antigo secretário-geral sem assento no futuro parlamento, uma vez que todos os demais ocuparam um lugar, sendo de destacar João Lourenço que, depois de um período menos bom, acabou por ser reabilitado e guindado ao posto de segundo homem do estado-maior da campanha do partido governante.
A lista do «M», como também é chamado o partido governante, a que a Voz da América teve acesso, tem outras novidades como a inclusão do antigo «artilheiro» da selecção angolana de futebol, Akwá, e do basquetebolista Gustavo da Conceição, este na posição número nove da lista dos candidatos efectivos pelo círculo nacional. O mandatário da lista é o candidato número quarenta e um, Carlos Alberto Ferreira Pinto.
A lista traz também o que se pode considerar, até certo ponto, agrupamentos familiares, sendo de ressaltar o facto do seu presidente, que é o cabeça de lista, estar ladeado da mulher, Ana Paula dos Santos e da filha Welwitchia dos Santos Pêgo, estas nas vigésima segunda e nonagésima terceira posições, respectivamente.
Seguem-se outros ajuntamentos como o dos Nelumba com o cardiologista José, o Eduardo e a Antónia Nelumba, esta pelo casamento com o segundo que é engenheiro electroténico e director da Empresa Nacional de Electricidade.
João Lourenço e Afonso Van-Dúnem «Mbinda» têm as respectivas esposas projectadas mais para o topo da lista, com a mulher do primeiro, Ana Dias Lourenço, na posição seis e Luzia Inglês Van-Dúnem «Inga» imediatamente a seguir ao presidente Eduardo dos Santos.
Nos primeiros cento e trinta lugares do circulo nacional, cerca de quarenta por cento foi ocupado por mulheres, fazendo-se cumprir assim a promessa que o presidente do MPLA fez de integrar trinta por cento das mulheres no governo e no parlamento.
Pelos artistas entram o secretário-geral da União dos Escritores Angolanos, Botelho de Vasconcelos e a cantora Lina Alexandre e pela academia pode falar-se de Anabela Leitão, Adélia de Carvalho, João Pinto, Domingos Peterson, todos professores universitários, entre outros.
No empresariado Maria do Carmo do Nascimento, mulher de Lopo, Ernesto Kiteculo. O reverendo Luis Nguimbi é a figura religiosa que aceitou integrar a lista do partido no poder.
Da lista não constam os ministros da Cultura, da Educação, da Justiça, do Interior, da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Juventude e Desportos, das Finanças, Indústria, dos Petróleos e do Urbanismo e Ambiente.
Entre os antigos chefes do Estado-Maior das FAPLA e das FAA, só não entraram Alberto Correia Neto e Agostinho Nelumba «Sanjar», estando o general João de Matos enquadrado entre os suplentes. Nos antigos titulares do Secretariado do Conselho de Ministros só Toninho Van-Dúnem está de fora.
Nos maiores círculos provinciais, nomeadamente Luanda e Huíla, as listas são lideradas por Bento Bento, Adriano Mendes de Carvalho, Carolina Fortes, Júlio Bessa e Mariana Afonso para a primeira província.
Pela Huíla constam João Typinge, Isabel Ndala, Alfredo Berner, Agata Mbaca e Desidério da Graça Wapota.
A lista dos candidatos efectivos e suplentes pelo círculo nacional tem como mandatário o candidato número quarenta e um, Carlos Alberto Ferreira Pinto, e vai pela ordem seguinte:
1. José Eduardo dos Santos
2. Luzia Pereira de Sousa Inglês Van-Dúnem “Inga”
3. António Domingos da Costa Pitra Neto
4. Julião Mateus Paulo“Dino Matrosse ”
5. Joana Lina Ramos Baptista
6. Ana Afonso Dias Lourenço
7. Katyopololo Ekuikui IV
8. Luís Nguimbi
9. Gustavo da Conceição
10. Ruth Mendes
11. Ana Paula Inês Luis Ndala Fernando
12. Roberto António Victor Francisco de Almeida
13. Maria da Assunção Vahekeny do Rosário
14. Fernando da Piedade Dias dos Santos
15. João Manuel Gonçalves Lourenço
16. Cândida Celeste da Silva
17. Alice Paulina Dombolo Chivaca
18. Kundi Paihama
19. Fernando Faustino Muteca
20. Manuel José Nunes Júnior
21. João de Almeida Martins
22. Ana Paula Lemos dos Santos
23. Anabela Leitão
24. Francisco Magalhães Paiva “Nvunda”
25. Armando da Cruz Neto
26. João Baptista Kussúmua
27. Paulo Teixeira Jorge
28. Palmira Domingos Pascoal
29. Lina Alexandre
30. Carolina Cerqueira
31. Maria Madalena da Costa Narciso
32. João Bernardo de Miranda
33. Emília Carlota
34. Norberto Fernandes dos Santos “Kwata Kanawa”
35. Francisco Higino Lopes Carneiro
36. Adélia de Carvalho
37. António Ole
38. Serafina Miguel Emília Pinto
39. Virgílio Ferreira de Fontes Pereira
40. Paulo Pombolo
41. Carlos Alberto Ferreira Pinto- Mandatário de lista
42. Teresa de Jesus Cohen dos Santos
43. Maria Ângela Bragança
44. Frederico Manuel dos Santos e Silva Cardoso
45. Bornito de Sousa Baltazar Diogo
46. Luís Reis Cuanga
47. Yaba Alberto
48. Guilhermina Manuel Fundanga
49. Afonso Domingos Pedro Van-Dunen “Mbinda”
50. António dos Santos França “Ndalu”
51. Autoridade Tradicional das lundas
52. Filomena Delgado
53. Irene Alexandra da Silva Neto
54. Manuel Alexandre Duarte Rodrigues “Kito”
55. Aníbal João da Silva Melo
56. João Pinto
57. Mawete João Baptista
58. João Ernesto dos Santos “Liberdade”
59. Rosa Pedro Afonso Garcia
60. Carla Leitão Ribeiro de Sousa
61. Anabela dos Santos
62. José Diogo Ventura
63. Sérgio Luther Rescova
64. Ana Maravilha Ale Fernandes
65. Isabel João Miguel Sebastião Peliganga
66. Lopo Fortunato Ferreira do Nascimento
67. Julião Teixeira
68. Raúl Augusto Lima
69. Francisco Sozinho Chihuissa
70. Cândida Maria Guilherme Narciso
71. Fernando José de França Dias Van-Dúnen
72. Olinda Matos
73. Mpinda Simão
74. Manuel Pedro Pacavira
75. António Paulo Cassoma
76. Adriano Botelho de Vasconcelos
77. Francisca do Espirito Santo
78. Ana Maria Sousa e Silva
79. Victória de Barros Neto
80. Ana Maria de Oliveira
81. Maria Idalina Valente
82. Alfredo Fortunato de Azevedo Júnior
83. Emilio José Homem Gomes
84. Isaac Francisco Maria dos Anjos
85. Rui Falcão Pinto de Andrade
86. Pedro Domingos Peterson
87. António Cortêz
88. Carlos Magalhães
89. Guilhermina Contreiras da Costa Prata
90. Eufrazina da Costa Lopes Maiato
91. Aurora Junjo Cassule
92. Eulália Rocha da Silva
93. Welwitchia dos Santos Pêgo
94. Genoveva Policarpo
95. Amaro Cacoma da Silva “Nguengo”
96. António Daniel Ventura de Azevedo
97. Tomás Simão da Silva
98. Mateus Isabel Júnior
99. Fabrice Alcebíades Maieco (Akwá)
100. Salomão José Loheto Xirimbimbi
101. Victória da Silva Izata
102. Exalgina René Olavo Gambôa
103. Faustina Inglês Alves
104. Victória Correia
105. Beatriz Salucombo
106. Maria Rosa de Lourdes
107. António Feliciano Ferreira Júnior
108. Diógenes de Oliveira
109. Maria Júlia Ornelas
110. Augusto da Silva Tomás
111. Domingos Mate
112. Ernesto Kiteculo
113. Sérgio dos Santos
114. Cesaltina da Conceição Major
115. Bernada G. H. da Silva
116. Samuel Daniel
117. Constantino Manuel dos Santos “Tinito”
118. Domingos Damião Neto
119. Domingos Martins Ngola
120. João Luis Neto “Xietu”
121. Nuno Albino “Carnaval”
122. João Baptista Domingos
123. Job Pedro Castelo Capapinha
124. Teresa Jorge Pinto
125. Joaquim António Carlos dos Reis Júnior
126. Carlos Maria da Silva Feijó
127. José Eduardo do Carmo Nelumba
128. Substituir por alguém do Comité 4 de Fevereiro
129. Maria Fátima Jardim
130. Inocência de Deus Faria Morais

SUPLENTES

1. Rosária Chandalawa Capamba
2. Manuel Teodoro Quarta
3. Manuel Figueira Calunga
4. Isabel Malunga
5. José Gabriel Paiva “Coração de Angola”
6. Elisa Wiemba
7. Pedro Sebastião Teta
8. Vasco Pedro José
9. Maria de Lourdes Veiga
10. Rodeth Teresa Maquina dos Santos
11. Maria Sebita João Pertence
12. Palmira Leitão Barbosa
13. Domingos Manuel Nginga
14. Eufrazina Teodoro
15. Luís Domingos
16. Eufémia Ambeleleni
17. Afonso Morais Kuedy
18. Jorge Marques “John Bella”
19. Paula Simons
20. Maria Mpava Medina
21. Filomena José Trindade
22. Maria Teresa de Jesus António Komba
23. Jorge Leão Peres
24. Milton Malheiro D. da Silva
25. Hermínia S. Mateus Mac-Mahon
26. Américo Kwononoca
27. Ananias Escórcio
28. Manuel Francisco Tuta “Batalha de Angola”
29. Eduardo Gomes Nelumba
30. Manso João Miranda Pascoal
31. Maria de Lourdes Carneiro Alves
32. Manuel Viage
33. Maria Fernanda de Carvalho Francisco
34. João Baptista de Matos
35. Margarida Ulissavo
36. Agostinho José Neto
37. Maria Idalina Victória Pereira
38. Maria do Carmo Nascimento
39. Maria Salvadora Vasconcelos
40. Catarina Béua
41. Mateus Miguel Ângelo “Vietname”
42. Antónia Nelumba
43. Jacinta F. Rocha Santos
44. Amélia Ngonga
45. António Rosa

7 votes. Moyenne 2.43 sur 5.

Commentaires (1)

1. Severino Sampaio (site web) 05/11/2012

Métodos estruturais e políticas públicas quando bem empregadas, determinam o equilíbrio na orla educacional dum país.

Ajouter un commentaire

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site