Créer un site gratuitement Close

Médicos cubanos em Angola

Médicos cubanos em Angola 
1222


Indiscutivelmente a medicina cubana pode ser visto como um instrumento social motivador e de inspiração para muitos paises do terceiro mundo que há décadas vivem lutando para alcançar objetivos ambiciosos quando se trata de saúde e melhorias de vida para as suas populações.


A saúde de um povo como conseqüência de um sistema médico eficiente em países pobre exige, além de profissionais médicos de boa qualidade, a capacidade visionária de quem está no poder, exige-se cultura e certa tradição humanista de quem administra os recursos da nação. Cuba, dizem os historiadores, tem e teve sorte de ter as lideranças que a história conhece ao longo desses 40 anos. A Revolução Cubana fez do bem estar da população, e diga-se em particular: saúde e educação; mais do que uma Política do Estado, fez dela uma obsessão de suas lideranças. Ao longo desses mais de 40 anos de Revolução gerou-se uma cultura de altruísmo e humanismo entre a população cubana, onde o médico e o professor ao lado, talvez seja o maior símbolo desse humanismo. E não era para menos, Che Guevara, o guerrilheiro argentino e tido como um dos maiores líder da Revolução Cubana, como voluntário e desinteressado que sempre foi não empunhava só o fuzil, mais acima de tudo, e mais importante, o seu estojo de médico; e tendo como meio de transporte um asno para alcançar os lugares mais inacessíveis da velha Sierra Maestra.

Che, como era tratado carinhosamente pelos cubanos, é talvez o símbolo da medicina cubana, a inspiração do médico cubano. Disposto a subir o morro, a atravessar a sanzala, a cortar o mato, para encontrar o paciente pobre que está do outro lado, às vezes "longe da civilização", precisando de uma ajuda, de uma mão, talvez a mão de Deus. Precisando daquele toque inicial que dá e principia a vida, aquele toque fatal que faz nascer e renascer a vida que os pobres desse mundo tanto precisam, e que muitos deles por vários motivos, não encontram no momento certo e no "lugar certo" ou mesmo em qualquer momento e em qualquer lugar. Chegar lá onde está o paciente, é o mais importante, às vezes mesmo, sem se importar como: a pé, de asno, a cavalo, o que for necessário, e muitas vezes até mesmo arriscando a própria vida.

A medicina cubana é um exemplo de heroísmo do povo cubano para com a humanidade. É um exemplo, claro, dos ideais dos seus lideres que ao longo desses 40 anos viveram proclamando de que pela humanidade tudo devemos fazer. Ainda que em troca nunca se receba nada.

Aucune note. Soyez le premier à attribuer une note !

Ajouter un commentaire

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site