MENSAGEM DOS DELEGADOS DA UNITA JUNTO DAS COMUNIDADES ANGOLANAS NO EXTERIOR

 

MENSAGEM DOS DELEGADOS DA UNITA JUNTO DAS COMUNIDADES ANGOLANAS NO EXTERIOR

Excelências e Caros congressistas
Eis-nos aqui reunidos, neste momento em que os olhares de toda a nação angolana estão virados para esta grande organização que incarna a aspiração da maioria do nosso povo à mudança.
Este congresso constitui sem mínima duvida uma nova etapa de realização da democracia que o partido esta a defender em proveito da nossa população.

Assim :

Os militantes e simpatizantes da UNITA no Exterior saúdam o decimo congresso com um profundo sentimento de orgulho e fazem votos de que os trabalhos agendados decorram da melhor maneira possível.

Os militantes da UNITA no exterior saúdam calorosamente a direcção do Partido e as delegações provenientes dos diferentes cantos do pais e em particular os do interior mais profundo, onde durante os últimos quatro anos se fez sentir com intensidade o vento da intolerância política por parte de sectores retrógrados, felizmente minoritários da nossa sociedade, mas que ainda nos deixaram vitimas mortais, destruição de infra-estruturas partidárias e particulares, algo intolerável para um pais que queremos de direitos.

Os militantes da UNITA no exterior estão convencidos de que a realização de mais um congresso aberto, democrático, representativo e participativo reforçara a unidade do Partido e reafirmara o seu papel de liderança do processo de democratização de Angola.

Nesta ocasião solene, os militantes da UNITA na diaspora apelam a todos e a cada congressista, enquanto representantes de todos os militantes da UNITA, no sentido de se pautarem pela responsabilidade e profundidade no tratamento de assuntos comuns, que definirão o nosso futuro colectivo.

A comunidade angolana da UNITA na diaspora agradece a atenção que tem merecido da direcção do partido e pede o incremento da mesma de formas que isso possa influenciar as posições do regime no que concerne a problemática da marginalizaçao dos angolanos não filiados ao partido no poder, que muitas vezes se constata nos consulados e algumas missões diplomáticas.

A este propósito, foi com consternação que os militantes no exterior tomaram conhecimento da sua exclusão do registo eleitoral , negando assim aos milhões de angolanos, a oportunidade de exercer um dos mais impotantes direitos de cidadania. Neste âmbito, os militantes da UNITA no exterior esperam ansiosos que o decimo congresso ordinário se debruse sobre a matéria.

Em relação a estas eleições no pais, os militantes da UNITA no exterior exortam o decimo congresso a traçar as estratégias politico-diplomaticas que visem garantir que o governo angolano observe o compromisso por ele assumido de realiza-las nos períodos anunciados (2008 e 2009) para as legislativas e presidências respetivamente, afim de impulsisonar o processo de aprofundamento da democracia em curso do qual este congresso é o exemplo histórico.

Os militantes da UNITA no exterior reconhecem os esforços de cada um de nos que permitiram lançar as bases susceptíveis de ajudar o partido a ganhar o desafio da alternância no poder. Assim os militantes da UNITA no exterior exortam tanto os militantes como os candidatos a priorizarem a UNIDADE porque neste exercício democrático o partido será o único vencedor.

Para todos os congressistas, os militantes da UNITA no exterior desejam pleno de succeso nos trabalhos.
Feito em Luanda aos 15 de julho de 2007
OS DELEGADOS DA UNITA NO EXTERIOR Muito obrigado

 

Aucune note. Soyez le premier à attribuer une note !

Commentaires (1)

1. UsannyEngab 19/08/2012

<a href="http://vcapoteket.com/#eo91">vcapoteket.com</a> viagra flashback http://vcapoteket.com/#en85 viagra köpa köpa viagra Cialis

Ajouter un commentaire

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site