NÍVEIS DE POBREZA SÃO ALARMANTES

NÍVEIS DE POBREZA SÃO ALARMANTES
O Fórum das Organizações não Governamentais angolanas (FONGA)considera que os níveis de pobreza das populações atingiu níveis elevados que deve motivar também a intervenção da sociedade civil no combate ao flagelo. (Apostolado)
 Cardoso Pedro, do FONGA, fez estas declarações à Ecclesia a propósito da realização de um Workshop nacional no próximo dia 31 de Janeiro, em Luanda, sobre a pobreza no país.
 “Os desafios da pobreza no país são notórios e todo o angolano atento, acredito que tenha a mínima percepção que o país está mesmo num nível de pobreza muito alarmante”.
 Ressalta que “esta é a razão que faz com que nós reunamos para podermos analisar de que forma poderemos contribuir na agenda do Governo no que diz respeito às estratégias elaboradas para combate a este fenómeno.
 O responsável do FONGA entende haver interesse por parte dos diferentes actores no combate à pobreza. Mas considera que o problema consiste na definição de políticas essenciais de combate à pobreza.
 “Pensamos que há interesse por parte de todos nós, talvez o problema maior agora são os meios de como fazermos isso. O interesse para todos nós existe, pois se fizermos uma pesquisa na população vamos perceber que ninguém está alheio à pobreza, todos nós queremos erradicar a pobreza. No entanto o nosso problemas está em quem decide sobre o quê, as formas e as formas como nós fazemos isso”., disse

O workshop a acontecer em Luanda será uma Consulta sobre a pobreza.

 Em Abril próximo realiza-se nas Ilhas Maurícias a conferência consultiva internacional sobre pobreza e desenvolvimento a nível da SADC. Neste contexto, a sociedade civil da região realiza as consultas nacionais nos seus respectivos países. Visa recolher contribuições para alimentar políticas e estratégias dos governos a serem apresentadas na conferencia regional.

Voltar

2 votes. Moyenne 2.50 sur 5.

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site