votaria pour SAMAKUVA

 

Kinshasa - Infelizmente, estarei ausente do X Congresso da Unita. Se estivesse em Luanda, claro que muita gente iria me perguntar em qual das duas figuras da Unita, que vão disputar a sua presidência, eu iria votar.

Isto é, se pudesse votar; o direito do voto é, segundo os Estatutos do partido, confinado a delegados provinciais. Tenho e sempre terei muito respeito, admiração e mesmo afeição para o mano Abel Chivukuvuku; desta vez, porém, terei que optar, mais uma vez, pelo o Presidente Isaías Samakuva. Como já disse neste espaço, Samakuva não teve a oportunidade de apresentar-se propriamente perante o eleitorado angolano.

Quando, quatro anos atrás, muitos de nós optamos por ele, acreditávamos que as suas qualidades não iriam só beneficiar o partido mas, também, o resto da nação angolana. Com isto, quero dizer que Samakuva é o melhor candidato que a Unita poderá apresentar nas próximas eleições presidenciais. Se há uma palavra que pode sumariar a figura de Samakuva é integridade. Ele é, verdadeiramente, o Sr. Integridade de Angola.

Em muitos países africanos a política - e os políticos, mesmo os da oposição - caíram em descrédito. Isto porque nem todos vêem a política como um instrumento que pode ser utilizado para melhorar a vida das pessoas. . Depois da morte do Doutor Savimbi, o partido estava altamente dividido. Falava-se, então, de várias Unitas.

Em certos circuitos Ocidentais, os que odiavam a Unita diziam, na altura, que o partido não iria durar por muito tempo. Hoje, contudo, temos uma Unita que passa a ser cada vez mais sólida. Claro, como é normal em qualquer espaço onde haja democracia e livre circulação de ideias, as visões de certos líderes podem não coincidir. Isto não significa, porém, que os mesmos não estejam fundamentalmente de acordo com os princípios que norteiam o partido.

Nos próximos meses, a Unita terá que preparar-se seriamente para apresentar-se como uma alternativa viável ao Mpla. Como já disse no passado neste espaço, o Mpla é muito vulnerável. É verdade que Angola está a ver certos avanços económicos; mas esses, se não forem bem geridos, resultarão em nada. Angola corre o risco de repetir os mesmos erros da Nigéria, onde a elite governante, ficou tão obcecada com a aquisição de bens para si própria em detrimento das massas. Quando se fala da dita praga dos recursos naturais, o mundo passa logo a citar Angola dizendo que este é um país com muitos recursos naturais, mas que não consegue superar a pobreza do seu povo. Angola precisará, então, um líder bem informado, com capacidade de atrair e reter a sua volta gente com vários talentos e habilidades, e que poderá promover a noção de boa governação e cultura de prestação de contas. Isaías Samakuva reúne, sem dúvida, essas qualidades.

Numa campanha eleitoral justa, Samakuva teria, então, a oportunidade de apresentar o seu programa ao resto da nação. A imprensa, muitas vezes, desconhece a verdadeira dimensão do trabalho de Samakuva. Outros sectores da comunicação social exageram as divisões dentro do partido. Há certas figuras notáveis do partido que, também, provaram ser altamente irresponsáveis.

A Unita trará, para a nação angolana, o conhecimento que terá adquirido na sua experiência com a democracia dentro do partido. Mas isto só poderá ser feito adequadamente se o líder da Unita for o Isaías Samakuva. Espero que todas essas questões sejam debatidas seriamente no congresso. A reeleição de Samakuva iria garantir uma continuidade no processo da consolidação do partido. Nos últimos quatro anos, Samakuva viajou por toda Angola, sobretudo nas áreas rurais para conferir a realidade «in situ», com vários membros do partido. Samakuva conhece, muito bem, a pobreza do nosso povo. Nas várias conversas que tivemos, ele sempre articulou o seu plano para melhorar a condição dos angolanos. Muitos de nós, na diáspora angolana, gostaríamos de participar neste processo. Isto só será possível com Samakuva no leme da UNITA.

Aucune note. Soyez le premier à attribuer une note !

Ajouter un commentaire

Vous utilisez un logiciel de type AdBlock, qui bloque le service de captchas publicitaires utilisé sur ce site. Pour pouvoir envoyer votre message, désactivez Adblock.

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site

×