O Kimbundu

O Kimbundu

O kimbundu pertence ao grande grupo de família das línguas africanas designada por "bantu". Bantu significa pessoas e é o plural de muntu. Em kimbundo mutu é o nome que significa pessoa, sendo o plural atu. Todas a línguas do grupo Bantu, possuem o mesmo parentesco que notamos por exemplo entre as línguas neo-latinas, tendo sido por isso mesmo enquadradas neste grupo (grupo Bantu). O povo bantu faz referencia aos indivíduos pertencentes a este grupo linguistico, mas não constituem um grupo isolado mas a união de vários povos ao qual pertencem segundo uma classificação feita pela semelhança da linguagem. Portanto não devemos falar em língua bantu e sim em línguas bantu, ou civilizações bantu porque inúmeras são as línguas e as civilizações ou povos que estão enquadrados neste grupo, tendo em comum somente o elo do parentesco da linguagem que sugere pela grande semelhança, um tronco comum de origem, mas que apresentam no entanto diversidades socias, culturais e políticas, mudanças essas ocorridas provavelmente ao longo do tempo. Esta semelhança da linguagem, faz supor evidentemente uma língua e até mesmo um lugar comum de origem desses povos, que acabou por dar devido a circunstancias históricas os diversos grupos com seus costumes e línguas diferentes (embora identifiquemos o parentesco linguistico). Atualmente o Kimbundu é falado por muitas pessoas. Chamamos de kimbundu, ou língua de Angola, por ser a língua geral do antigo reino de Ngola e ser a primeira a ter a honra de ser estudada e traduzida pelos Europeus.

O Nome da Língua


Em sua gramática Heli Chatelain, faz o seguinte comentário:

"Na literatura portuguesa e estrangeira esta lingua era conhecida até hoje sob o nome de "lingua bunda", ao passo que entre os brancos de Angola é mais conhecida como "ambundo". Cientificamente, porém, nem uma nem outra destas denominações é admissível: a primeira por ser quase um termo obsceno na lingua que pretende designar, a segunda porque significa " os pretos" e não a sua linguagem, ambas por não serem usadas pelos indigenas que falam a lingua em questão. " Kimbundu" pelo contrário, é o termo vernaculo, dizendo os pretos de Angola, os a-mbumdu: o kimbundu, em kimbundu, falar kimbundu, mas nunca falar ambundo ou bundo ou bunda. Os vocábulos mu-mbundu, um preto, ou uma preta, a-mbundu, pretos ou pretas e ki-mbundu, linguagem dos pretos constam como base comum mbundu e dos prefixos mu-, a-, ki-, significando mu- pessoa, a- pessoas e ki linguagem. Concorda com isto com o que se nota nas linguas da familia bantu, a qual peretence também o nosso kimbundu, sendo o prefixo ki- o que mais se emprega nelas para designar linguagem. Algumas tribos pronunciam o txi- (tyi), xi-, si-, isi-, se-, outras preferem-lhe os prefixos u- ou lu-, outras, mais raras, contentam-se com a base sem acrescentamento de prefixo algum. Assim, sem sairmos da Provincia de Angola, os Congueses ou Exi-Kongo chamam a sua lingua kixikongo, os habitantes do Bailundo e do Bihe, os I-mbundu, a sua u-mbundu, ao passo que os Akua-Mbamba denominam o seu dialeto simplesmente "mbamba". É pois nossa opinião que, se quisermos falar corretamente, devemos dizer "o kimbundu", "o umbundu", mas não "a língua kimbundu ou umbundu", porque ki- e u- já significam língua. Não recomendamos tampouco o uso de "lingua mbundu" a não ser que se lhe junte: De Angola ou de Benguela (Bangela) para obviar a confusão que, de outra forma, seria inevitavel."


NOTAS:
Exi-Kongo: sing. Muixi-Kongo=mu+ixi+Kongo; em kimbundu diz-se Muxi-Kongo,pl Axi-Kongo- Seriam " as pessoas da terra de Kongo", os naturais do Kongo, ou seja os Congueses.
I-mbundu=Em kimbundu os Bailundus e Bihenos são chamados I-mbundu, cujo singular é Ki-umbundu. Que não se confundam os homonimos Kimbundu=lingua dos Ambundu ou pretos de Angola e Kimbundu=preto do Bailundo e Bihe. Em umbundu O Ci-mbundu(no singular) e O Vi-mbundu(no plural)
Bailundo= Em Umbundu e Kimbundu= O Mbalundu
Bihe= em umbundu=O Viye, em kimbundu=O Biie
Como se vê, o emprego do prefixo u- para designar a linguagem (umbundu), é devido a aplicação do prefixo ki- ou ci- a pessoa, aplicação que por seu turno, provém da necessidade de distinguir o preto do Bailundo do de Angola.
Entretanto também acontece no u-mbangala, dialeto falado pelos I-mbangala, sing= Ki-mbangala (em kimbundu), ou Çi-mbangala (em umbangala), entre os quais estava a outrora feira de Cassange (=Kasanji de sanji, galinha)
A gramática de Heli Chatelain citada acima, a cujo texto transcrevi, foi editada originalmente em 1888-89, sendo que o exemplar que possuo foi republicado em 1964.



Comentários: Assim que lancei a Hp, escrevia kimbundo (terminando na vogal "O"), e após algum tempo verifiquei que a "rigor" a escrita mais correta seria "kimbundu" (de acordo com a língua em questão). Cheguei a comentar o fato na época dentro do fórum (que no momento encontra-se fora de linha), mas percebi também que trocar o endereço poderia nos trazer alguns transtornos, e expliquei isso aos usuários. Somente hoje deixo o fato registrado na Hp.
Quando tínhamos o fórum, havia um tópico também no qual costumavamos registrar as correções e modificações que íamos fazendo na Hp, e hoje percebo a necessidade de criarmos um espaço dentro de Menu para essa finalidade. Qualquer trabalho necessita de revisão e possíveis correções, e nosso trabalho não é diferente.
Deixo claro que tem sido grande o meu trabalho (sou autodidata), e tento na medida do possível ir passando todo o conteúdo que possuo e que vou aprendendo para a Hp.
Já existe muito conteudo para revisar e aqueles que quiserem e puderem me ajudar neste trabalho agradeço.

9 votes. Moyenne 3.00 sur 5.

Commentaires (2)

1. Alberto Maó Cabinda 29/05/2012

devemos nos unir para sermos um só povo. sonho meu.....

2. José Maiato 30/11/2011

saber como é feita o matrimonio na tribo Kimbundu

Ajouter un commentaire

Vous utilisez un logiciel de type AdBlock, qui bloque le service de captchas publicitaires utilisé sur ce site. Pour pouvoir envoyer votre message, désactivez Adblock.

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site

×