ENCONTRO COM O NOSSO DESTINO

UNITA AFINA A MÁQUINA PARA AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES


ISAÍAS SAMAKUVA DIZ QUE 2008 SERÁ O “ENCONTRO COM O NOSSO DESTINO”

Com o aproximar das eleições legislativas, as formações políticas afinam as “agulhas” por forma a que os desejos pelos quais foram criadas sejam concretizados. Nesta senda, o líder do “Galo Negro”, Isaías Samakuva, manteve um encontro com os quadros do Partido residentes em Luanda. A preparação da máquina partidária para que dispute e ganhe as eleições legislativas aprazadas ainda que à título “referencial” para os dias 5 e 6 de Setembro do ano em curso dominou o encontro, que teve no final um momento para perguntas e respostas sobre o que preocupa os quadros e o Partido em véspera de eleições.
Para o Presidente do maior Partido da oposição em Angola, o ano de 2008 é encarado como sendo o do “Encontro com o Nosso Destino”, já que ele definirá o rumo do país e da UNITA e das nossas vidas nos próximos tempos.
“Felizmente depois de várias insistências e exigências, nós ouvimos o senhor Presidente da República, no fim de ano a anunciar uma data de referência para a realização das eleições. Creio que este acontecimento, mesmo se veio muito tarde, temos de considerá-lo como positivo para a vida do nosso Partido, bem como para a vida do nosso país”, disse o presidente da UNITA.

Isaías Samakuva aproveitou a ocasião para chamar a atenção dos seus partidários que os dois dias indicados para a realização do escrutínio não só não convém ao eleitorado, ao povo angolano, como também não estão de acordo com a lei”.

O líder da UNITA disse esperar do Presidente da República quando convocar as eleições o cumprimento do que está estipulado na lei.

“O que é importante para nós é que venha a convocação das eleições a serem feitas de acordo com a lei eleitoral; ou seja para um dia”, disse.

No que toca aos desafios que a UNITA tem para enfrentar as eleições, Isaías Samakuva sublinhou na sua abordagem que é dever de todos os militantes se prepararem psicologicamente que este é o ano das eleições e acarreta consigo responsabilidades acrescidas para cada um.

Todavia o líder do segundo Partido mais votado nas eleições legislativas de 1992 revelou que o povo angolano clama por uma mudança que satisfaça e dignifique o cidadão. Para isso, Samakuva convidou os seus partidários a consentirem sacrifícios.

“ Temos de consentir o esforço para manter sólida a paz. Nós não podemos aceitar as provocações, não podemos aceitar que nos induzam em erros. Temos de fazer tudo para que esta paz se consolide. Só assim é que nós poderemos ter eleições em condições”, rematou.

Por outro lado o presidente da UNITA revelou na sua intervenção que “ nós teremos de fazer tudo para convencer aqueles que não respeitam as opiniões dos outros que estamos num país democrático e como tal as pessoas têm de saber conviver na diferença”, tendo reconhecido que não será uma tarefa fácil.

A reunião serviu igualmente para apresentar quadros nomeados por despacho presidencial para funções de direcção e não só, a nível da estrutura central, do Gabinete do Presidente e das estruturas intermédias, de que se destacam o Chefe do Gabinete de Estudos e pesquisas, cargo atribuído a Américo Colonha Chivukuvuku em substituição do malogrado Mário Vasco Miguel Vatuva.

Dinis Kakinda passou a ocupar o cargo de Conselheiro do Presidente para os assuntos dos veteranos de guerra em substituição do malogrado General Jeremias Kussia, enquanto Teodoro Veloso Malungo passa a desempenhar as funções de chefe de cerimonial da Presidência do Partido. Dimantino Mussokola Domingos é o responsável da dinamização ao nível das estruturas político-administrativas do Partido na Coordenação de Luanda, com um elenco de outros dirigentes em cada uma destas estruturas.

No final do encontro, o Secretário da Coordenação e dinamização política da UNITA, Franco Marcolino Nhany disse a imprensa que as nomeações feitas visam dotar o partido de estruturas a altura dos novos desafios, partindo de Luanda para as restantes províncias, com o objectivo não só de fazer crescer o partido, mas também de caçar o voto.


Voltar

Aucune note. Soyez le premier à attribuer une note !

Ajouter un commentaire

Vous utilisez un logiciel de type AdBlock, qui bloque le service de captchas publicitaires utilisé sur ce site. Pour pouvoir envoyer votre message, désactivez Adblock.

Créer un site gratuit avec e-monsite - Signaler un contenu illicite sur ce site